Projeto no RCGI da arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, do escritório AR Arquitetura e Design 
Imagem: Edson Ferreira.

Cada vez mais arquitetos e designers de interiores buscam por produtos versáteis, de qualidade e inovadores. Algo que permita explorar e valorizar a criação e o conceito de seus projetos. Para o novo Centro de Pesquisa para Inovação no Gás RCGI, a arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, do escritório AR Arquitetura e Design, tinha o objetivo de criar um espaço moderno e funcional a partir de uma área antiga e totalmente obsoleta, existente no edifício da Engenharia da Universidade de São Paulo. Para tanto, foram especificadas as telas tensionadas Lumitenzi que são especialista em projetos luminotécnicos em tela tensionada.

O design surgiu a partir da escolha de acabamentos claros e leves, com uma iluminação artificial que minimizasse a ausência de luz natural através de rasgos de luz indireta, pinceladas das cores azul e verde extraídas do logo do centro, e a presença de elementos marcantes, capazes de enfatizar a mensagem de sustentabilidade e tecnologia. “As telas me permitiram criar formas orgânicas e desenvolver uma plasticidade estética totalmente irreverente. A iluminação é um dos recursos que, trabalhado em sincronia com as telas, oferece dinamismo a esta fachada“, afirma a arquiteta.

A fachada destaca-se como o elemento-chave do projeto e convida os usuários a ingressarem no universo de formas orgânicas onduladas, desenhadas pelos elementos verticais evocando a fluidez e volatilidade do gás como fonte de energia.

Projeto no RCGI da arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, do escritório AR Arquitetura e Design
Imagem: Edson Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *